Zona Árida | Longa-metragem

                  

Documentário de longa-metragem, 76 min, 2019.
Direção: Fernanda Pessoa
Montagem: Mari Moraga e Germano de Oliveira
Produção: Pessoa Produções e Grafo Audiovisual


Como é ser uma estrangeira na cidade mais conservadora dos Estados Unidos? Em 2001, a diretora brasileira Fernanda Pessoa, aos 15 anos, vive a experiência de ser uma aluna de intercâmbio por um ano em Mesa, no Arizona, considerada a cidade mais conservadora dos EUA. 15 anos depois - e dois meses antes da eleição de Donald Trump - ela retorna para tentar entender sua experiência lá e as ideias conservadoras em relação a temas como a fronteira mexicana, o estilo de vida country, a religiosidade e o patriotismo.

Festivais:
Menção Honrosa na sessão competitiva “Next Masters” do Dok Leipzig, 2019
DocsBarcelona, sessão competitiva Latitud, 2020
Tenemos que ver, competição internacional, 2020
Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo, 2020

Laboratórios:
Selecionado no Pitching DocMontevideo, onde ganhou o prêmio Chiledoc Conecta, no Doculab Guadalajara, nas categorias Doculab Análisis e Doculab Construy